Depois de 12 anos, Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade determina a regularização do Programa de Reaproveitamento de Óleo Vegetal (Prove)

Resposta da  Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade – SEAS, a matéria do Folha do Litoral  – Instituições e Secretários do Ambiente da Costa Verde solicitam a volta do carro de coleta de óleo do PROVE,

A secretária Ana Lucia Santoro ordenou a suspensão temporária do programa até a licença da atividade estar legalizada.

Funcionando irregularmencarro provete desde sua criação, em 2007, a nova gestão da Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade (Seas) deu início em fevereiro ao processo de regularização do licenciamento do Programa de Reaproveitamento de Óleo Vegetal (Prove). O objetivo é legalizar totalmente o programa e o transporte do óleo vegetal usado, feito pelos carros oficiais da pasta.

 

Para realizar transporte de coleta de óleo vegetal no estado do Rio de Janeiro, é obrigatória a licença de operação da atividade, emitida pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), órgão vinculado à Seas. O Prove oferece o transporte para recolhimento e direcionamento à reciclagem de óleo usado até a venda. Ou seja, a pasta, cuja única responsabilidade é o transporte do óleo, funcionou há 12 anos plenamente de forma ilegal. A secretária Ana Lucia Santoro, assim que tomou conhecimento da irregularidade, determinou a suspensão do serviço.

“O reaproveitamento de óleo vegetal usado é fundamental para evitar a contaminação das águas, e seu despejo em ralos compromete diretamente a natureza. Essa herança maldita não pode pôr em risco uma política pública tão importante, que protege o meio ambiente e, ao mesmo tempo, gera renda para centenas de pessoas e ajuda no desenvolvimento sustentável do estado do Rio de Janeiro. Estamos encarando esse problema com a devida seriedade e, por isso, o programa está suspenso temporariamente até o processo de licenciamento ser finalizado”, esclarece a secretária Ana Lucia Santoro.

Sobre o programa

O Prove foi criado em 2007 com o objetivo de evitar o despejo de óleo de cozinha usado em corpos hídricos. A intenção é estimular a coleta e a reutilização do óleo na produção de sabão e de fontes alternativas de energia, como o biodiesel. O programa tem como pilares a defesa ambiental, a geração de trabalho e renda e a promoção da parceria entre os agentes públicos, terceiro setor, empresas e entidades representativas dos segmentos.

Atualmente a maior parte do óleo vegetal é despejada em ralos, comprometendo as tubulações dos edifícios e das redes de tratamento de esgoto. Essa prática acarreta prejuízos à população, às concessionárias de saneamento, aos governos e ao meio ambiente.

No âmbito do Programa Foco Inovação Seas (Fins), cujo tema este ano é resíduos, uma das metas da nova gestão da pasta é ampliar o alcance do Prove no estado do Rio de Janeiro, investindo em novos pontos de coleta, mais parcerias com as prefeituras e cooperativas, além de campanhas institucionais sobre a importância do reaproveitamento e do descarte correto de óleo vegetal.

Instituições e Secretários do Ambiente da Costa Verde solicitam a volta do carro de coleta de óleo do PROVE

ana luciaAtravés de ofícios encaminhados à Secretária Estadual do Ambiente e Sustentabilidade (SEAS), Ana Lúcia Santoro, os secretários do Ambiente de Angra dos Reis, Paraty e Rio Claro, em conjunto com a Agenda 21 de Paraty, Comitê de Bacias CBH BIG, APA do Cairuçu ICMbio – MMA  e Lepac Unicamp, apoiaram a campanha de educação ambiental de coleta de óleo de cozinha – ‘Não Jogue seu óleo pelo ralo’ e solicitaram a volta do veículo do PROVE*, que fazia a coleta de óleo na Costa Verde e agora suspensa devido ao momento de transição do governo estadual.

Secretários do Ambiente da Costa Verde 

mario Fabricio download (5)
Mario Reis – Angra dos Reis, Fabrício Soares – Paraty  e Lázaro  Barbosa – Rio Claro

O projeto desta campanha foi  inicialmente elaborado pelo Jornal Folha do Litoral Costa Verde, e desenvolvido em parceria com Agenda 21 de Paraty,  Paraty.com, Cooperativa Serra do Mar, Secretarias do Ambiente de Angra dos Reis, Paraty, Rio Claro e apoio do CBH-BIG.
Veja portfólio com oficios encaminhado a SEAS – https://goo.gl/MqY4bY

Em 11 anos, esta campanha recolheu mais de 1,6 milhões de litros de óleo e foi reconhecida pela Global Passaporte PNUMA, como referência em educação ambiental, pois, também desenvolve um trabalho nas escolas municipais da região, através da campanha PROVE Costa Verde – Não jogue seu óleo pelo ralo.
Veja vídeo  https://youtu.be/DZqA_kCUhpw
*PROVE – Programa de Reaproveitamento de Óleo Vegetal da SEAS.

Destino do resíduo da coleta de óleo

Comunicado Cooperativa Serra do Mar

Sem Título-1

Prezados parceiros, amigos e apoiadores,
Informamos que continuamos sem o carro do Prove. Este veículo é fundamental pois além de coletar o óleo na região, transportava para a estação de tratamento no Rio de Janeiro o resíduo orgânico retirado do óleo coletado.

Como estamos praticamente há três meses sem este veículo, acumulamos mais de 5 mil kg de resíduos e estamos buscando uma solução urgente para o destinarmos corretamente, uma vez que não temos mais espaço na cooperativa para armazená-lo e a sua decomposição está prejudicando a salubridade do local.

Estamos empenhados em conseguir uma alternativa emergencial.
Em princípio, precisamos de um caminhão tanque, com um preço especial ou cedido por uma empresa, para levar este resíduo para o Rio de Janeiro, ou então destiná-lo no aterro sanitário de Angra dos Reis.

Agradecemos a colaboração de todos
Um abraço a todos
Ladjane
Diretora da Cooperativa Serra do Mar

Alternativa para o carro de coleta de óleo PROVE

uvs190207-006

Em função da paralisação da coleta de óleo de cozinha usado feita pelo carro do PROVE, que atendia o município de Paraty Angra dos Reis e Rio Claro, o Jornal Folha do Litoral em parceria com o Provedor de internet Paraty.com, Cooperativa Serra e o apoio da Agenda 21, Secretaria do Ambiente de Paraty, Comitê de Bacias e o Lepac, com o objetivo de garantir a continuidade e a qualidade desta campanha,  promoverá esta coleta alternativa até que seja restabelecido o carro do PROVE.

Paralelo a esta campanha,  está sendo articulado através da Secretaria do Ambiente de Paraty, Angra dos Reis. Rio Claro, Agenda 21 de Paraty e o Comitê de Bacias uma alternativa, para que a coleta do PROVE Costa Verde seja restabelecida urgentemente pela Secretaria Estadual do Ambiente.

Paralisação de veículos do PROVE prejudica coleta de óleo da Costa Verde

carro prove

A paralisação dos veículos do Programa de Reaproveitamento de Óleo Vegetal – PROVE da Secretaria Estadual do Ambiente (SEA-RJ), decorrente do momento de transição de governo no estado do Rio de Janeiro, tem dificultado o funcionamento das cooperativas e afetado consideravelmente a qualidade do sistema de coleta de óleo de cozinha usado, proposto por este programa da SEA- RJ.

Na RIO + 20, através da campanha PROVE Costa Verde – Não Jogue seu óleo pelo ralo, este programa foi reconhecido como referência em educação ambiental pela Global Passaporte Verde – PNUMA.

Comunicado Cooperativa Serra do Mar

Prezados parceiros, amigos e apoiadores,

Informamos que continuamos sem o carro do Prove.
Este veículo é fundamental pois, além de coletar o óleo na região, transportava para a estação de tratamento no Rio de Janeiro, todo o resíduo orgânico retirado do óleo coletado.
Como estamos praticamente há três meses sem este veículo, acumulamos mais de 5 mil kg de resíduos e estamos buscando uma solução urgente para o destinarmos corretamente, uma vez que não temos mais espaço na cooperativa para armazená-lo e a sua decomposição está prejudicando a salubridade do local.

Estamos empenhados em conseguir uma alternativa emergencial. Em princípio, precisamos de um caminhão tanque, com um preço especial ou cedido por uma empresa, para levar este resíduo para o Rio de Janeiro, ou então destiná-lo no aterro sanitário de Angra dos Reis.

Enquanto isso, estamos fazendo um esforço muito grande para atender a região, mas vamos precisar do apoio de todos para conseguirmos a volta do carro do Prove.
Porém, não podemos descartar a possibilidade de um outro veículo, em consórcio com o Comitê de Bacias e as prefeituras de Angra dos Reis, Paraty e Rio Claro, pois esta coleta também amplia o ICMS Ecológico e diminui o custo de manutenção das redes de esgoto destes municípios e é primordial para a manutenção desta campanha.

Um abraço a todos
Ladjane
Diretora da Cooperativa Serra do Mar

Compartilhe este vídeo e ajude a manter esta campanha de educação ambiental – Não jogue seu óleo pelo ralo.

Certificação Passaporte Verde- Paraty, Cultura em Verde e Azul

S2530008S2530005Marca do destino

Na trilha da história do nosso destino, com base na Lei Nº 2074 / 2016 – que dispõe sobre a oficialização do Passaporte Verde no município, o Fórum DLIS Agenda 21 de Paraty certificou dia 19 de abril de 2018, no auditório da Casa da Cultura de Paraty,  instituições, empresas e pessoas que promovem a Marca do Destino – Paraty, Cultura em Verde e Azul , participando dos projetos da Agenda 21 de Paraty.  Entre eles:  Campanha – Não jogue seu óleo pelo ralo;   Gastronomia Sustentável e o  Carbono Compensado.

O evento contou  com a participação dos representantes da  Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Secretaria Municipal de Cultura, Secretaria Municipal de Turismo,  Convention Bureau, Associação dos Moradores de São Gonçalo, Jornal Folha do Litoral, LEPAC Unicamp,  Flora Paraty; Núcleo de Mídias, Artes e Tecnologias, Coop Brilho, Comitê de Bacias da Baia da Ilha Grande, ICMbio, IHAP  e das empresas e instituições certificadas  em 2018 .

S2530051S2530050S2530048S2530047S2530045

Empresas Certificadas com o selo  Passaporte Verde – Paraty, Cultura em Verde e Azul :

Pousada Villas de Paraty;  Paraty.com;  Pousada Literária;  BalacoBacco Restaurante; Núcleo de Mídias Artes e Tecnologias.

Empresas Certificadas com o selo Carbono Compensado Lepac:

 BalacoBacco Restaurante;  Castro Associados; Pousada Villas de Paraty; Paraty.com, Arq.  Maria  Brasilicia Dallanese;  Pousada Literária; Polo Gastronômico de Paraty; Núcleo de Mídias Artes e Tecnologias; Tatauga Dive Center; Nautica Perequê Açú;   Isis e Domingos;  Equipe Baja – Unesp Guaratinguetá.

Empresas Certificadas com o selo  Gastronomia Sustentável :

Casa do Fogo; Thai Paraty; La Luna; Maria Fulô; Restaurante Bar da Bete; Palmitos Cajuru; Sítio Borboleta; Café Pingado; Restaurante Bar Duzé;  Espaço Mãos de Lotus; Restaurante Raízes do Sono; Quiosque São Francisco; Bistrô Alquimia dos Sabores; Restaurante e Cervejaria Caborê. 

As  empresas certificadas pela Campanha – Não jogue seu óleo pelo ralo, receberam os seus certificado e o manifesto de resíduos em seus estabelecimentos. 
Mais de 100 empresas de Paraty foram contempladas com esta certificação.

Projeto Com-Vida e Agenda 21 na E.M Pequenina Calixto

Em um evento realizado dia 25 de novembro na Escola Municipal Pequenina Calixto -Paraty RJ, por iniciativa dos alunos do projeto “Com-Vida Escola” e com o apoio da diretora Flora Salles, foram apresentados os logos dos projetos desenvolvidos pela Agenda 21 de Paraty: Revitalização do Caminho do Ouro, Gastronomia Sustentável, Carbono Compensado, Não jogue seu óleo pelo ralo e a marca do destino -Passaporte Verde Paraty, Cultura em Verde e Azul.

Com apoio do Folha do Litoral, Paraty,com, Secretaria do Ambiente e Cooperativa Serra do Mar, a escola inaugurou um ponto de coleta de óleo de cozinha usado, para promover a campanha de educação ambiental – Não jogue seu óleo pelo ralo.

“Climate Chance” – uma chance para o clima

0b731f17-7686-4f47-9405-44b1fb507654 4d4f745b-da14-4955-939a-70f2aaee6e4d logo-climatechance

Encontro internacional realizado em Agadir, litoral sul do Marrocos de 11 a 13 de setembro de 2017.
Com a participação de Betsan Martin, Adrian Macey, Pinky Cupino e Isis de Palma, membros da rede Internacional Aliança de Responsabilidades para Sociedades Sustentáveis. Isis de Palma faz parte do conselho de planejamento e gestão do Núcleo de Mídias Artes e Tecnologias e é membro da Agenda 21 de Paraty.

O primeiro encontro Climate Chance ocorreu no ano passado em setembro de 2016 em Nantes na França e o segundo encontro do Impacto Climático, foi realizado em Agadir, Marrocos, de 11 a 13 de setembro de 2017, organizado conjuntamente pela Região de Souss Massa e a Associação Climate Chance. Tais encontros internacionais da sociedade civil, tem por objetivo a implementação do acordo de Paris contra as mudanças do clima assinado por governos de mais de 170 países durantes a COP21 em Paris em dezembro de 2015. Os encontros chamados Chance para o Clima destacam o papel dos atores não estatais.

A cúpula de 2017 em Agadir no Marrocos teve cinco mil (5000) participantes de mais de 80 países que se mobilizaram para a ação contra as mudanças do clima.

A Aliança Internacional de Responsabilidades para Sociedades Sustentáveis apresentou em Agadir duas oficinas, uma sobre Educação e Responsabilidade Climática por Pinky Cupino, das Filipinas e Isis de Palma do Brasil, e o outra sobre Água e Mudanças Climáticas por Betsan Martin e Adrian Macey da Nova Zelândia.

Na oficina de Educação apresentamos a proposta de um programa sobre educação climática em Paraty, envolvendo formação de professores e buscando incluir estudantes e a comunidade. Foi apresentado o vídeo Clima e Responsabilidades produzido pelo Núcleo de Mídias Artes e Tecnologias e dois projetos da Agenda 21 de ParatyCarbono Compensado LEPAC e o PROVE – Campanha Não Jogue Seu Óleo pelo Ralo com destaque para um dos importantes resultados dessa campanha que é o Sabão Brilho. Tais projetos da Agenda 21 de Paraty estão sendo incluídos no Fórum Internacional de Cultura Soluções para Acelerar a Transição e poderão servir de exemplo para outras regiões do planeta.

Embora as COPs continuem a ser negociadas pelos Estados, a COP22 realizada em Marraquexe, Marrocos, em 2016 deu um grande impulso ao papel dos atores não estatais. Patricia Espinosa, Secretária Geral de Mudanças Climáticas da ONU (UNFCCC) falou no plenário de abertura, assim como o embaixador do clima de Fiji, Deo Saran, representante da Presidência da COP23. Enquanto alguns países, como o Reino Unido, a França e a Costa Rica, já estabeleceram políticas e leis para as mudanças climáticas, após a vitória de Donald Trump, os E.U. anunciam a sua retirada do acordo de Paris. Por outro lado, em Agadir foi anunciado que o próximo encontro Climate Change será em São Francisco na Califórnia. Isso nos faz concluir que a sociedade civil nos Estados Unidos está reagindo e se organizando a favor do clima, apesar das atitudes anti-ambientalistas do presidente eleito daquele país, o maior emissor de carbono e, portanto, o maior responsável.

Destacou-se no encontro a urgência de se mitigar as consequências dos gases de efeito estufa e de se intensificar o uso de energias renováveis. Para a sobrevivência da vida no planeta e cumprindo o acordo de Paris é fundamental zerar as emissões de carbono até 2050.

Na plenária final do encontro de Agadir houve um destaque para o papel da agricultura na adaptação às mudanças climáticas. Os conceitos de agricultura orgânica com uso de novas tecnologias, como os satélites, e a importância da agricultura familiar foram reconhecidos como fundamentais.

Ressaltou-se também a necessidade de planejamento urbano tendo em conta a importância estratégica da qualidade do ar e a diminuição dos ruídos urbanos para o aumento da qualidade de vida e melhoria da saúde das pessoas.

Houve um reconhecimento da necessidade de inclusão da participação das mulheres e dos jovens nas tomadas de decisões e implementação de programas de políticas públicas.

Nas palavras dos seus organizadores o encontro de Agadir foi um encontro de esperança para acelerar a transformação global a favor do acordo do clima. Hakima El Haite, ex ministra do ambiente do Marrocos, importante negociadora na ocasião da COP21 em Paris destacou a responsabilidade de cada um, em todos os níveis, em democratizar as informações sobre as mudanças climáticas. Haite conclui dizendo que a quarta revolução é o conhecimento e precisamos agora agir com a máxima urgência para a transformação global. O nosso quotidiano está ameaçado e natureza não pode ser negociada.

Isis de Palma,

Educomunicadora, conselheira do Núcleo de Mídias Artes e Tecnologias, setembro de 2017

OffFlip 2017

evento fb off 2A Circuito OFF Flip 2017

Fiel à sua proposta de ser a plataforma eclética que recebe e acolhe poetas de todas as partes, de todas as tribos e de valorização das manifestações culturais regionais, o Circuito OFF Flip 2017,
em seu característico clima informal, visando sempre agregar valor à Festa literária oficial da cidade, apresenta este ano uma programação enxuta e interessante que inclui palestras, saraus,
shows, teatro, Gastronomia Sustentável, oficinas, exibição de vídeos, lançamentos de livros e debates sobre os rumos da situação política do país, sobre meio ambiente e sustentabilidade e
sobre os horizontes do turismo e da cultura em Paraty,entre outros temas relevantes. Destacamos a participação especial de nomes como Amyr Klink, Carlos Novaes, Arnaldo Brandão, Fausto Fawcett, Tavinho Paes.

A 13ª edição do Circuito Paralelo de Ideias – Off Flip 2017, que acontecerá de 26 a 30 de julho, com o tradicional apoio da Câmara Municipal e da Agenda 21 de Paraty, promoverá o lançamento
oficial da marca do destino: Passaporte Verde – Paraty, Cultura em Verde e Azul, no contexto da XV Flip – Festa Literária Internacional de Paraty.
A abertura da Off Flip, no dia 26 de julho, às 17h, na Câmara de Vereadores de Paraty, será feita pelo navegador, escritor e palestrante Amyr Klink, com a palestra sobre ‘A Marca do nosso
Destino e o Turismo Náutico’. Para encerrar o evento será exibido o vídeo – ‘A marca do Destino’.

Logo depois, será aberta a exposição ‘A UNIVERSALIDADE DA CEU – Histórias da Casa do Estudante Universitário’ com apresentação musical de Karina Bras e banda e o coquetel de abertura do VII Circuito Pratos Literários da Gastronomia Sustentável de Paraty.
Venha participar, vibrar, se divertir, se emocionar!
Contribua para abrir novos espaços para a manifestação da Voz da Poesia espontânea e verdadeira das ruas, do ‘underground’. Faça parte dessa festa, apoiando a iniciativa do Circuito OFF, de dar
voz aos poetas locais e de outras “praias” que, com sua genuinidade e liberdade, alegram nossos corações, brilhando no palco principal da Academia de Todas as Letras!

Programação

Quarta-feira, dia 26
17h – Abertura do Evento:
Palestra de Amyr Klink – “A Marca de nosso Destino e o Turismo Náutico’
Exibição do vídeo ‘A Marca do Destino’
Show de Karina Brás e banda
Coquetel da Gastronomia Sustentável de Paraty – VII Circuito de Pratos Literários
Local: Câmara de Vereadores – Centro Histórico
Quinta-feira, dia 27
Oficina de Cordel, com os cordelistas Edmilson Santini, Severino Honorato, Zé Salvador.
Local: Tenda da Agenda 21, das 10:00h às 11:00h – Centro Histórico
– Mesa – A Universalidade da CEU, com João Bosco Gomes, Domingos Oliveira e Carlos Dei,
das 19h às 20h.
– Palestra ‘Retroceder ou Transformar’, com o cientista político Carlos Novaes,
das 20:10h às 21:10h
– Workshop Musical com Thales Pançardes
das 21:30h às 22:30h
Local: Câmara de Vereadores – Centro Histórico

Sexta-Feira, dia 28
– ‘Sexta Básica’, com o ‘Sarau Balcão Poético’ e o ‘Cordel da OFF’, capitaneado por Seu Maia
com a participação especial de Prof. Doc Blues, Chico Livino, Luciano Ciranda, Amarildo Silva,
Esquina do RAP de Paraty, Caravana do Cordel formada por Edmilson Santini, Severino Honorato
e Zé Salvador. – das 18:00h às 22:00h
Local: Núcleo de Mídias Arte e Tecnologias – Portal das Artes
– Sarau Multimídia ‘PoeMatrix’, em sua quarta edição, comandado pelo consagrado poeta,
compositor, multiartista Tavinho Paes & convidados. – das 22:00h até acabar.
Local: La Luna Bistrô de Praia – Praia de Jabaquara

Sábado, dia 29
Local: Tenda da Agenda 21, das 10:00h às 11:00h – Centro Histórico
Oficina de Cordel, com os cordelistas Edmilson Santini, Severino Honorato, Zé Salvador.
– Lançamento e Debate do livro “O herói provisório” e do livro de crônicas “Salve o compositor
popular”, com as escritoras, jornalistas, radialistas, poetas e letristas premiadas, Etel Frota e Adriana
Sydor, mediado por Stephane Chao.
Local: Tenda da Agenda 21, das 11:00h às 12:00h – Centro Histórico
– Lançamento Coletivo, com Eduardo da Editora Patuá.
Local: Tenda da Agenda 21, das 14:00h às 15:00h – Centro Histórico
– Vivência Agroflorestal, com o produtor agroflorestal José Ferreira
Local: Tenda da Agenda 21, das 15:00h às 17:00h . – Centro Histórico
– Lançamento do Livro ‘Retalhos de Papel’, de Ana Paula Rebouças Ferreira.
Local: Câmara de Vereadores das 16:00h às 17:00h. – Centro Histórico
– Lançamento do livro ‘Outras Margens: cultura paulista hoje’ – debate com os entrevistados Caco Pontes, Eduardo Lacerda, Giovani Baffô e Tiago Mine.Mediação: Heyk Pimenta
Local: Bar Sarau – das 17:30h às 19:00h – Centro Histórico
– Apresentação do Grupo Arteatro – com direção de Ailton Amaral, de Paraty.Local: Tenda da Agenda 21, das 17:00h às 19h – Centro Histórico
– Cordel da OFF, com a participação da Caravana do Cordel formada por Edmilson Santini, Severino Honorato e Zé Salvador e Paulo Baja convidado
Local: Tenda da Agenda 21, das 19:00h às 20h – Centro Histórico
– MIni-Copa de Poemas Curtos- lúdica disputa poética entre poetas de várias regiões, orquestrada por Lobinho.
Local: Tenda da Agenda 21, das 20:00h às 21:00h – Centro Histórico
– ‘Picareta Cultural’ – o já tradicional e divertido encontro anárquico de poetas e cachaça da terra de Paraty, capitaneado pelo poeta Caio Carmacho.
Local: Tenda da Agenda 21, das 21:00h às 23h – Centro Histórico
– Show da OFF – Com a participação dos músicos : Seu Maia, Amarildo Silva, Chico Livino e Luciano Ciranda
Local: Tenda da Agenda 21, das 23:00h às 01:00h – Centro Histórico

Domingo , dia 30

– Oficina do Cordel, com a participação do poeta cordelista Paulo Baja.
Local: Tenda da Agenda 21, das 10:00h às 11:00h – Centro Histórico
– Baiāo de Spokens, com Don Caco, Caleb, Chacon, Edgar e participaçāo especial de Betina Kopp
Local: Tenda da Agenda 21, das 16:00h às 17:00h – Centro Histórico
– Show de encerramento – ‘Quilombos’- com Luciano Ciranda e Banda
Local: Samba da Benção, das 21:00h às 22:00h – Centro Histórico

Local: Samba da Benção, das 21 :00h às 22:00h

 

1 2 3