A boiada finalmente alcança Ricardo Salles

24 de maio de 2021
Ilustrações: Coutin – luizcoutin@gmail.com

Juçara Braga

Demorou, mas a Justiça alcançou o ministro da destruição do meio ambiente, Ricardo Salles, o que pode cessar a desgraça que ele está promovendo em nosso País, em especial na Amazônia. Salles foi apanhado com as duas mãos na cumbuca. Com os sigilos fiscal e bancário quebrados por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), agora vamos saber tudo da vidinha financeira, provavelmente sem sal, desse típico exemplar da elite brasileira predadora.
Até agora, ingênuos acreditavam que Salles representava “apenas” a turma ruralista do andar de cima que ainda se acha no direito de atropelar a legislação em nome de um pseudo-desenvolvimento, cuja definição correta é a ganância de poucos que ainda vivem com a mente no Brasil das capitanias hereditárias. Agora, todos veem que o buraco é mais embaixo.
A boa notícia – além do desnudamento da canalhada que vem desmontando a política ambiental brasileira desde 2018 – é que a Polícia Federal não sucumbiu. Menção honrosa ao delegado Alexandre Saraiva que, enquanto superintendente da PF no Amazonas, denunciou a ação criminosa de Salles. Foi exonerado, claro, mas agora comemora com toda razão.
“Salmo 96:12: ‘Regozijem-se os campos e tudo o que neles há! Cantem de alegria todas as árvores da floresta”, publicou Saraiva em uma rede social ao saber da decisão do STF em relação a Salles e seus asseclas indevidamente instalados no Ibama.
Resta saber, como antecipa o jornalista Leonardo Sakamoto, “como o governo brasileiro vai explicar a investidores estrangeiros e outros países que a sua polícia investiga o seu ministro do Meio Ambiente por ajudar no comércio ilegal de madeira da floresta amazônica”. Muita atenção aos próximos capítulos. Os covardes e corruptos que espoliam a nação precisam ser detidos, precisam pagar. Essa história tem que mudar. Lutemos!

EXPEDIENTE:

Publicação Editoração e Comunicação – CNPJ 13701141/0001- 83; Inscrição Municipal – 43168; Diretor – Domingos M. Oliveira; Jornalista Responsável -Carlos Dei S. Ribas – MTb/RJ 15.173; Conselho Editorial – João Bosco Gomes, Carlos Dei S. Ribas, Juçara Braga, Domingos M. Oliveira; Telefone – (24) 3371-9082  –  WhatsApp (24) 99972-1228; Email: flitoral 21@gemail.com ; Inscreva-se no nosso Canal no Youtube: @Flitoral 

** As opiniões nos artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não expressam necessariamente a opinião do jornal.

Folha do Litoral Costa Verde