Modelo matemático prevê 2 milhões de mortes no Brasil pelo Corona Vírus

19 de março de 2020

Modelo matemático em Python, desenvolvido pelo professor doutor de Astrofísica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, José Dias do Nascimento Júnior, em conjunto como o professor doutor da New Mexico State University, Wladimir Lyra, prevê desastres para o coronavírus no Brasil, caso não sejam tomadas medidas para conter a epidemia no país.

O modelo dos pesquisadores quando aplicado ao estado de epidemia no Brasil resulta que cada pessoa infectada está, em média, infectando 6 pessoas. A partir dessa taxa, o número de casos dobra entre 2 e 3 dias. Lyra anuncia que “se continuar desta maneira, sem fazermos nada, a epidemia terá seu pico daqui a 50 dias, no começo de maio, com 53% da população infectada ao mesmo tempo. Isso são mais de 100 milhões de casos. Os hospitais não têm capacidade de lidar com esse número. E, ao final da epidemia, teríamos 2 milhões de mortos.”

Fonte:
https://www.tecmundo.com.br/ciencia/151189-quantos-morrer-coronavirus-brasil-cientistas-respondem.htm

Folha do Litoral Costa Verde