Gastronomia de Paraty

25 de julho de 2020

Este ano, era para tradicionalmente acontecer, na OffFlip, o XI Circuito Pratos Literários da Gastronomia Sustentável de Paraty. Este movimento, articulado pelo Fórum DLIS – Agenda 21, em parceria com o Sebrae, chefs de Paraty e Produtores Rurais – que elaboram o Planejamento Estratégico da Gastronomia Sustentável de Paraty foi reconhecido e oficializado por Lei Municipal nº 1839.

Publicada em 2012, esta lei resultou no regate da nossa cultura gastronômica, registrado no livro ‘Delícias de Paraty – Sabores e Saberes’, de Gislana Peçanha, na criação do Polo Gastronômico; e, recentemente, no reconhecimento de Paraty como cidade criativa na Gastronomia, pela Unesco.

Entretanto, quando achávamos que estávamos “com a faca e o queijo na mão”, fomos surpreendidos por este visitante indesejável, o Covid-19, que paralisou esta atividade fundamental para economia do município.

Buscando novos temperos para nos proteger deste visitante e da crise econômica, esta mesa será mediada por Gilberto Mascarenhas – membro da Rede SIAL Brasil e promotor internacional da Gastronomia Sustentável de Paraty, e terá a participação especial de Jorge Ferreira – naturalista agroflorestal, Cida Cajuru – produtora rural GS, Lu Delgado e Georgia Joufflineau – representantes do Polo Gastronômico e Paraty CVB e organizadoras do Festival Gastronômico de Paraty.

Folha do Litoral Costa Verde