Série ‘Mata Atlântica – Tempo de regeneração’

14 de outubro de 2020

Comemorando os 20 anos do vídeo ‘Queimadas na Mata Atlântica’ e do ‘Projeto de Arborização da Rodovia Rio-Santos’, um grupo de instituições e parceiros, com o objetivo de evitar as queimadas na beira das estradas, lançam a série ‘Mata Atlântica – Tempo de Regeneração’ composta por seis vídeos documentários e um Fórum sobre esta temática, que será realizado no final de novembro, propondo a continuidade deste projeto para a regeneração da Mata Atlântica.


Programação:

I – Queimadas na Mata Atlântica
D. João Henrique de Orleans e Bragança

Veja vídeo

Para D. João Henrique, o projeto “Mata Atlântica o fim das queimadas” deve continuar para valorizar Paraty Patrimônio Mundial da Unesco, “um bem da humanidade, ambiental e cultural, abrangendo toda a Mata Atlântica que temos hoje em Paraty, a Baía de Paraty, com todas essas ilhas, quase intocadas, o que é um avanço enorme, com as leis ambientais, a  Apa do Cairuçu, a reserva de Tamoios, a reserva ecológica da Joatinga, o Parque Nacional da Bocaina…”


II – Projeto de Arborização da Rodovia Rio Santos
Prof. Amaury Barbosa

Veja vídeo

Amaury Barbosa fala que o projeto foi iniciado com a participação dos alunos do CIEP em 2001 e que “esse projeto tem por objetivo cuidar das margens da Rio-Santos, para evitar os incêndios que  destroem  as matas, não só em Paraty, mas em vários lugares do país, em que vemos grandes incêndios nas rodovias, causando acidentes com mortes terríveis, que podem ser evitados de maneira fácil, a um custo relativamente barato, mas que salvam vidas.”


III – Mata Atlântica: O Fim das Queimadas
Prof. Dr. Carlos Fernando de Andrade

Veja vídeo

Com isso, evitou-se as queimadas, dezenas e dezenas de queimadas que ocorriam anualmente, permitindo a autorregeneração da Mata Atlântica. Aquele capim que queimava, e queimava a borda da Mata Atlântica, agora está sendo recolonizado pelas sementes das árvores do alto da mata, que descem pelos taludes. Isso é uma maravilha.”

IV – Mata Atlântica: O Fim das Queimadas
Mário Douglas – chefe do Núcleo de Gestão Integrada – ICMBio – Paraty


Veja vídeo

A posição dos membros do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, que tem sido assim há alguns anos, defende Mário Douglas, “é extremamente proativa em relação à questão dos incêndios florestais”. Desejam intensamente que a população entenda que os incêndios florestais, especialmente na Mata Atlântica, são prejudiciais para todos e não trazem benefício para ninguém.


V – ‘Mata Atlântica – Tempo de Regeneração’
Sílvio Veloso – Flora Paraty


Veja vídeo

Falando especificamente de Paraty, Veloso lembrou que nos 100 mil hectares de área do município, devem ter aproximadamente 10 mil ha de Mata Atlântica em autorregeneração, nos diversos estágios, “o que é algo a ser observado e um padrão para ser adotado para a Mata Atlântica, pois aqui não é mais produtivo agricolamente, então vamos ajudar a mata a se autorregenerar”


VI – Fórum Online ‘Mata Atlântica – Tempo de Regeneração’

O Fórum acontecerá no dia 25 de novembro, com transmissão ao vivo pelo site http://folhadolitoralcostaverde.com/ e pelo canal Flitoral – youtube.

PAINÉIS DO FORUM:

– Protocolo de Plantio
– Valores Biológicos
– Legislação
– Rio-Santos – Rodovia Cênica

EXPEDIENTE:

Publicação Editoração e Comunicação – CNPJ 13701141/0001- 83; Inscrição Municipal – 43168; Diretor – Domingos M. Oliveira; Jornalista Responsável -Carlos Dei S. Ribas – MTb/RJ 15.173; Conselho Editorial – João Bosco Gomes, Carlos Dei S. Ribas, Domingos M. Oliveira; Telefone – (24) 3371-9082  –  WhatsApp (24) 99972-1228; Email: flitoral@paraty.com ; Inscreva-se no nosso Canal no Youtube: @Flitoral 

** As opiniões nos artigos, documentários e matérias pagas não são de responsabilidade e nem expressam necessariamente a opinião do jornal.

Folha do Litoral Costa Verde