Osmar Terra, a pessoa desimportante

23 de junho de 2021

Juçara Braga

O sujeito é médico, deputado, reputado a tal ponto que é chamado na CPI da Covid. Lá chegando ele se desfaz de sua importância e diminui a relevância dos fatos nos quais se envolveu desde o início da pandemia da Covid-19 no Brasil. Reconhecido publicamente como conselheiro do presidente Jair Bolsonaro, ele mal conheceu a doutora Nise, defensora da cloroquina, só a encontrou em um almoço, casualmente.

Osmar Terra também não sabe direito quem é Arthur Weintraub, outro conselheiro do presidente. Somente o encontrou casualmente, em dois churrascos. Da mesma forma, nunca conversou com Carlos Bolsonaro, com quem só cruzou, de novo casualmente, no gabinete do pai, presidente. Mal se cumprimentaram.

Reunião? Não esteve, por compromisso, em nenhuma. Só aparecia casualmente. O rosário negacionista é grande. Osmar Terra mal conhece as pessoas que fazem parte do círculo que ele integra e vem assessorando – muito mal, diga-se de passagem – o presidente Bolsonaro na tragédia brasileira da Covid-19, que já nos deixa um legado de 500 mil mortes, precedidas de imenso sofrimento.

Esse é o perfil da gente que desgoverna o Brasil hoje. São falsos, mentirosos, cara de pau. Ou apeamos essa gente do poder ou essa gente nos apeará da democracia. A escolha ainda está com a gente, mas por pouco tempo. Eu quero um arco e flecha. Urgente!

EXPEDIENTE:

Publicação Editoração e Comunicação – CNPJ 13701141/0001- 83; Inscrição Municipal – 43168; Diretor – Domingos M. Oliveira; Jornalista Responsável -Carlos Dei S. Ribas – MTb/RJ 15.173; Conselho Editorial – João Bosco Gomes, Carlos Dei S. Ribas, Juçara Braga, Domingos M. Oliveira; Telefone – (24) 3371-9082  –  WhatsApp (24) 99972-1228; Email: flitoral@paraty.com ; Inscreva-se no nosso Canal no Youtube: @Flitoral 

** As opiniões nos artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não expressam necessariamente a opinião do jornal.

Folha do Litoral Costa Verde